14 de agosto de 2016

Época de Incêndios

Na minha pele restos
da tua pele
Na minha boca lume
do teu fogo
No meu destino 
o teu abraço
No meu nome
o teu nome
No meu abraço
o teu regaço 

No meu fim
a tua falsa distância 
mascarada de esperança.

Sem comentários: